Bem-vindo à Central de Ajuda do Flow

Como fazer o controle do caixa

Atualizado 4 meses atrás

Um dos principais objetivos do Flow é oferecer um ponto de venda, no qual o lojista poderá controlar todas as movimentações do seu caixa. Nesse artigo iremos citar boas práticas para o controle do seu caixa.

Passo 1 → Realizar a abertura do caixa

O primeiro passo para um bom controle do caixa é fazer a sua abertura antes de realizar qualquer venda. Ao realizar a abertura do caixa você deve colocar qual o fundo de caixa inicial, ou seja, qual a quantidade em dinheiro que está no caixa para uso como troco.

A importância do fundo de troco também é muito importante pensando em pagamentos em dinheiro, que podem exigir troco ao cliente. Para qualquer dúvida em relação a abertura de caixa, clique aqui

Passo 2 → Atenção no lançamento de produtos

Visando já uma integração ao estoque, o lançamento correto de produtos é fundamental para o controle do caixa. Em alguns casos, o código de referência ou os nomes de produtos podem ser semelhantes, somados a necessidade de agilidade ao realizar a venda, podem originar lançamentos equivocados. Sempre confira se o produto da venda foi corretamente adicionado .

Um produto lançado errado além de gerar um “furo de estoque” pode gerar um prejuízo financeiro, se, por exemplo, o produto lançado no sistema for mais barato que o produto da venda em si.

Passo 3 → Atenção ao tipo de pagamento

Um passo importante para as contas “baterem” é o lançamento correto do tipo de pagamento. Se o modo de pagamento errado for adicionado ao sistema, isso pode gerar uma confusão no fechamento do caixa.  Por exemplo: O pagamento de uma compra foi realizado no cartão de débito, mas erroneamente foi concluído como cartão de crédito. 

Ao fechar o caixa e comparar os valores no caixa com os valores do sistema, será observado que faltaram 60 reais no débito, ou sobraram 60 reais no crédito. Por mais que não tenha ocorrido uma diferença de valores, essa desatenção pode fazer parecer com que o caixa tenha sido fechado errado.

Embora destacados no fechamento, se é necessário devolver algum valor de troco, ou receber mais algum valor, sempre preste atenção se o valor integral da venda foi pago pelo cliente.

Se houver alguma dúvida sobre como realizar vendas no Frente de Caixa, clique aqui

Passo 4 → Anotação de Informações Externas para registro

A rotina de um operador de caixa, como retratada nos dois passos anteriores, exige muita agilidade, raciocínio e pensamento lógico para desempenhar as funções corretamente, fazendo com que procedimentos fora do padrão, os quais o operador não esteja tão habituado a realizar, como por exemplo, uma saída manual de produto, ou uma entrada e saída de valor do caixa, tome um tempo indesejado da operação.

Recomenda-se uma ferramenta de edição de textos (Bloco de Notas, Sticky Notes ou Word) ou até mesmo um papel e caneta separados para o registro dessas operações para que possam ser realizadas posteriormente, com mais calma e tempo, considerando também que essas operações fogem um pouco do padrão de vendas.

Com o registro externo desses processos em uma dessas ferramentas, o operador pode registrar num momento de menor pressão e movimentação, não esquecendo de registrar depois para o fechamento do caixa.

Passo 5 → Conferência manual de valores.

Embora os relatórios de caixa sejam um referencial para controle do caixa, a conferência manual de valores é a confirmação de quanto você realmente tem de valores, seja de dinheiro ou cartão, no seu caixa.

A ação humana é imprescindível para o registro dos processos de vendas no sistema, sendo o Flow, uma ferramenta de auxílio aos lojistas e operadores no cálculo do caixa.

Passo 6 → Fechamento 

Para fazer a comparação entre os valores que entraram com os valores do sistema, é necessário realizar o fechamento do caixa. Recomenda-se fazer o processo de controle do caixa no geral (da abertura ao fechamento) de forma diária, para um controle mais minucioso dessas movimentações. 

Com o fechamento do caixa completo podemos comparar se temos os valores recebidos iguais aos valores do sistema que se acumularam ao longo das vendas.

OBS: O valor de fundo de caixa é considerado como dinheiro no fechamento, por exemplo, se você começou com 200 reais como valor de fundo de caixa, esse valor aparecerá como dinheiro no fechamento, mesmo não tendo sido uma entrada realizada nas vendas.

Acreditamos que esses passos serão de imensa contribuição ao lojista, no que se trata de controle do caixa, auxiliando na construção de uma rotina operacional do seu estabelecimento.

São esses os passos que o Flow recomenda para um melhor controle do seu caixa! Se você tem alguma sugestão ou dúvida sobre esses pontos, contate o nosso suporte.

Esse artigo foi útil?